Pimenta Rosa: como usar em receitas e benefícios à saúde A pimenta rosa é bastante apreciada em receitas pelo seu sabor e aroma diferenciados. Mas você sabe como usar? Vamos apresentar também os seus benefícios à saúde.

pimenta-rosa usos

Pimenta Rosa ou Schinus terebinthifolius, é costumeiramente confundida com a pimenta-do-reino rosa.

Todavia, tanto sabor e aroma quanto picância não têm nada a ver com a pimenta-do-reino rosa!

Por ser bastante ornamental e possuir grau de picância zero, é bastante utilizada em pratos à base de peixe e como ornamento.

A Pimenta Rosa é produzida desde Pernambuco até o Rio Grande do Sul, e é muito exportada para países da Europa.

Na França, inclusive, conseguiu se inserir nos pratos da nouvelle cuisine, recebendo o nome de poivre rosa.

Benefícios da Pimenta Rosa

pimenta-rosa

A Pimenta Rosa também é conhecida como aroeira-pimenteira, aroeira-vermelha, aroeirinha e outros, e possui sabor um pouco doce.

Assim como as outras pimentas, a Pimenta Rosa também possui muitos benefícios:

  • Rica em nutrientes importantes

A Pimenta Rosa possui vitamina A, vitamina B1, vitamina B2, vitamina B3, vitamina E, cálcio, ferro e fibras.

  • Antioxidante

A capsaicina é a responsável pelo ardor da pimenta, mas também pelo seu efeito antioxidante.

  • É anti-inflamatória

Além disso, possui ação analgésica, aliviando dores musculares e distúrbios das articulações.

  • Promove a melhoria da circulação sanguínea

Com poderosa ação vasodilatadora, a Pimenta Rosa, através da capsaicina, estimula a circulação sanguínea e a irrigação dos vasos.

  • Promove a diminuição do peso

O consumo de pimenta faz crescer a produção de saliva, estimulando a secreção de suco gástrico, facilitando a digestão.

A ingestão da Pimenta Rosa eleva a temperatura do corpo, consumindo maior quantidade de calorias.

Além disso, ela promove o aumento da saciedade e a diminuição dos depósitos de gordura.

  • É excelente para o coração

A presença das vitaminas A e C, além de outras, como o potássio e o cálcio promovem a vasodilatação dos vasos sanguíneos.

  • Diminui a incidência de coágulos no sangue

Mais um efeito benéfico de sua ação vasodilatadora, proporcionada pela capsaicina.

Usos da Pimenta Rosa na culinária

pimenta rosa uso culinaria e beneficios

Por ter sabor, aroma e formato bem diferentes de suas “parentes”, a Pimenta Rosa consegue permear entre o doce e o salgado com a mesma desenvoltura.

Como sua picância é zero e seu sabor levemente adocicado, ela é perfeita para pratos agridoces.

Não podemos esquecer que essa pimenta tem forte apelo ornamental e, portanto, pode ser inserida nas mais diversas criações culinárias.

Mas, deixando de conversa fiada e partindo diretamente para o que interessa, vejamos alguns usos da Pimenta Rosa na culinária:

  • Em paellas

O uso da Pimenta Rosa pode fazer um interessante contraponto ao sabor forte do camarão e alguns mariscos.

Além, é claro, de contribuir na apresentação final do prato!

  • Em salgados de festa ou para aperitivos

Se adapta perfeitamente aos salgados fritos e assados e, por não possuir ardência pode ser usado até em festas infantis.

  • Em pratos vegetarianos

Seu sabor adocicado e aroma diferenciado podem ser usados com berinjelas, abobrinhas e outros

  • Em pratos à base de carnes, peixes e aves

Pode ser usada como ornamento ou na composição de molhos para acompanhamento.

  • Petit Gateau

Usado tanto como ornamento quanto ingrediente inusitado e surpreendente!

  • No pão de mel

Também utilizado como elemento ornamental, mas, principalmente, como ingrediente surpresa.

Além de todas essas possibilidades, a Pimenta Rosa é muito usada para a fabricação de sorvetes, pudins, geleias e chocolates.

  • Em molhos

Mesmo com picância zerada, a Pimenta Rosa pode ser usada no molho, principalmente, se a intenção deste for saborizar e não dar picância!

Como cultivar a Pimenta Rosa?

Aroeira - Árvore da Pimenta Rosa Schinus Sementes Para Mudas

Você se interessa por plantar, criar e cuidar de um jardim? Então, a Pimenta Rosa pode ser uma aquisição valiosa.

Essa variedade de pimenta não requer cuidados muito especiais, depois de crescidas, e, tampouco, muito dispêndio de tempo.

A planta, quando em flor ou com frutos, se torna bastante vistosa e é agradável aos olhos. Ideal para jardins!

Para cultiva-la, porém, são necessárias algumas medidas:

  1. Escolher um local bastante ensolarado e arejado para o cultivo das mudas.
  2. Fazer o plantio das mudas em solo bastante adubado.
  3. Utilizar fertilizantes naturais.
  4. Regar uma vez por semana.
  5. Podar entre os meses de maio e agosto.
  6. Levar as mudas para um local onde ficarão até passarem-se 4 meses – somente quando atingirem entre 3 e 6 cm.
  7. Após os 4 meses, transplanta-las novamente, desta vez para o local definitivo.

Ao contrário de outras espécies de pimenta, que produzem durante todo o ano, as pimentas rosas possuem períodos de florescimento e frutificação.

Seu florescimento ocorre entre os meses de setembro a janeiro, enquanto sua frutificação se dá entre janeiro e julho.

Tenha cuidado com os passarinhos, pois algumas espécies têm especial predileção pelo gosto adocicado da Pimenta Rosa.

No mais, diferentemente, das outras pimentas, seu manuseio não requer muitos cuidados.

Entretanto, e isso vale para a manipulação de qualquer alimento, é sempre bom lavar bem as mãos antes e depois de seu manuseio.

Hoje, falamos da Pimenta Rosa, seus benefícios e usos culinários, e também mostramos como cultivá-la!


Esperamos que tenham gostado deste artigo! Comentem e deixem suas opiniões!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *